Vacinação canina

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

vacinação para cãesVacinar os cães é uma medida que favorece a saúde não só dos animais, mas também dos seres humanos, uma vez que, várias doenças que acometem esses animais podem ser transmitidas às pessoas.

Dentre as vacinas disponibilizadas para os cães estão: cinomose, parvovirose, coronavirose, adenovirose, hepatite, parainfluenza, leptospirose e raiva. Há também outras vacinas disponíveis que ajudam a prevenir doenças, melhorando a condição de vida dos animais, como a vacina contra tosse, giardíase e leishmaniose visceral canina.

É preciso vacinar os cães após o desmame, quando os animais estiverem com 45 dias de vida. A segunda e terceira doses são ministradas aos 75 e 105 dias de vida respectivamente. Já a vacinação contra a raiva é ministrada aos 135 dias de vida, e o reforço é aplicado anualmente.

Contra a leishmaniose a vacina deve ser ministrada aos 4 meses de idade, dividindo as outras aplicações em 3 doses com intervalos de 21 a 30 dias, reforçando anualmente. Contra traqueobronquite infecciosa ou tosse dos canis a vacinação deve ser feita a partir da 8ª semana de vida dos animais com intervalos de 2 a 4 semanas para as outras doses e reforçada anualmente.

Evite que o seu animal sofra com alguma doença que tenha vacinação, leve-o ao médico veterinário e mantenha a saúde do animal em dia.

Qual a metodologia do atendimento emergencial em pequenos animais?

Quais as principais técnicas de ventilação artificial para o paciente?

Quais os procedimentos básicos envolvidos na estabilização de pacientes em situação emergencial?

Fonte: Equipe Veterinária UFV

Adaptação: Revista Veterinária

Conheça o Curso de Emergências e Pronto Atendimento em Pequenos Animais

emergencias e protoatendimento em caes e gatos

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  


Atualizado em: 27 de janeiro de 2014