Você sabe o que é Cinomose Canina?

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A cinomose canina é uma doença viral extremamente contagiosa, que acomete principalmente cães filhotes, antes de completarem 1 ano. Porém, animais mais velhos também podem ser contaminados caso não sejam imunizados ou que estejam com alguma patologia que possa debilitar seu sistema imunológico.

É uma doença causada por um vírus da família Paramyxovirus, do gênero Morbilivírus, que sobrevive por muito tempo em ambientes secos e frios. Mas, é sensível ao calor, luz solar e desinfetante. O vírus pode durar em média três meses no ambiente após ser retirado do portador.

Diante disso, é importante ficar atento às maneiras de transmissão da doença, para deixar seu pet livre dela. É sobre isso que trataremos no próximo tópico.

Como a cinomose canina é transmitida?

Você já viu que a doença não escolhe sexo e raça, ou seja, a doença pode acometer qualquer animal que não esteja imune. Aliás, a cinomose pode ser transmitida por contato direto de outros animais já infectados, pelas vias respiratórias, ar contaminado ou por fômites, que são objetos que já tiveram contato com o cão acometido pela enfermidade.

O cachorro pode ser infectado até pela ingestão de água ou alimentos infectados pelo vírus. No entanto, a principal fonte de transmissão continua sendo o contato direto com a secreção do nariz e boca dos pets infectados.

Principais sinais da enfermidade

Depois que o pet foi infectado pela cinomose, ocorre um período de incubação do vírus de 3 até 15 dias. Após esse tempo, o cão começa a apresentar os sinais da enfermidade, dentre os principais, podemos destacar:

– Febre;

– Apatia;

– Diarreia;

– Perda de apetite;

– Corrimento nasal e ocular.

Em seguida, surgem os sinais característicos da doença, o cão pode ficar agressivo, apresentar incoordenação motora, tiques nervosos, convulsões e paralisia. Por isso, é importante agir preventivamente contra a doença, confira a principal forma de prevenção à seguir.

Como prevenir a cinomose canina?

A única forma de prevenção efetiva da doença é por meio da vacinação. No plano de imunização dos cães eles podem ser vacinados a partir de 6 semanas de vida, de acordo com a avaliação prévia de sua saúde pelo médico veterinário.

Os filhotes devem receber 3 doses da vacina na primeira fase de vida. Posteriormente, os pets devem receber uma dose da vacina (reforço) uma vez ao ano.

Viu como é simples prevenir a cinomose canina?

Mas do que saber realizar a prevenção correta dessa doença você, médico veterinário, deve estar pronto para atender as emergências, como essa.

Veja essa dica de sucesso:

 Emergências e Pronto Atendimento em Pequenos Animais

Fontes: Tudo sobre Cachorros e Cachorro Gato

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 30 de outubro de 2018

Artigos Relacionados com Pequenos Animais: