Curso de Exame Andrológico e Congelamento de Sêmen Bovino

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

Próxima turma de 26 a 28 de outrubro!

ÚLTIMAS VAGAS!

Para que sejam alcançados bons índices de gestação em propriedades rurais, seja de pecuária de corte ou de leite, que fazem o uso de touros reprodutores, é necessária uma avaliação prévia da fertilidade e da capacidade de monta do reprodutor, de forma a se garantir que este esteja apto à reprodução.

Esta capacidade reprodutiva pode ser estimada pelo Exame Andrológico, que é composto pela avaliação física do animal e de seu aparelho reprodutor, bem como pela avaliação das características físicas, morfológicas e microbiológicas do sêmen à fresco.

O Exame Andrológico permite a classificação dos animais em termos de fertilidade, auxilia a seleção para a fertilidade dos machos jovens, o diagnóstico de patologias reprodutivas do macho e a adequação do número de fêmeas a ser servida por este reprodutor.

No Brasil cerca de apenas 7% de todo o rebanho bovino é inseminado artificialmente, sendo desta forma, a monta a campo, ainda usada intensamente. Este dado ressalta a importância da avaliação e seleção dos machos a serem usados como reprodutores, e da sua contribuição para a eficiência reprodutiva do rebanho.

A criopreservação de sêmen de animais superiores permite a maximização de seu material genético, pelo aumento do número de fêmeas que podem ser inseminadas com um único ejaculado, além de permitir o armazenamento deste material por tempo indeterminado. Esta técnica, associada à Inseminação Artificial, reduz o risco de acidentes e transmissão de doenças reprodutivas decorrentes da monta, facilita a comercialização e o transporte do material genético, além de servir de estoque de material genético em caso de acidente ou morte do reprodutor.

Clique aqui para ver a programação completa!

CPT Cursos Presenciais – www.cptcursospresenciais.com.br

Telefone: (31) 3899-8300

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


Atualizado em: 2 de outubro de 2012

Artigos Relacionados com Bovinos: