Como identificar a intoxicação felina?

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Você já se deparou com um gato intoxicado? Saberia quais decisões tomar caso isso acontecesse?

Quem possui um gato de estimação em casa está sujeito a estas e outras situações indesejáveis, já que se trata de um animal curioso e que está quase sempre se movimentando em vários ambientes.

Esse problema pode ocorrer por contado direto ou indireto com o produto ou material, e dependendo do que for ingerido e da quantidade, pode levar o animal a óbito.

Inseticidas, produtos de limpeza, adubos, plantas e até mesmo alho e chocolate são perniciosos e considerados como uns dos principais responsáveis pela intoxicação.

O gato pode apresentar sintomas como:

– vômitos;

– diarreia;

– febre;

– apatia;

– falta de apetite;

– dilatação ou contração das pupilas;

– convulsões ou outros sinais neurológicos (incoordenação, mudança de comportamento).

Desde então é preciso ligar o sinal de alerta e levá-lo a uma consulta com um veterinário.

É importante informar ao profissional que fará o atendimento, se possível, o produto ingerido pelo animal, de modo que os primeiros socorros e tratamento estejam alinhados a essa informação.

Importante lembrar que o proprietário jamais deve tentar, de forma caseira, induzir o animal ao vômito ou outro método de cura, sob o risco de agravar a situação ou desencadear outros problemas.

Hoje em dia é cada vez maior o número de atendimentos em clínicas e hospitais veterinários relacionados a esse assunto, que contam com cautela e eficiência dos profissionais envolvidos.

Você, médico veterinário saberia quais métodos adotar em situações emergenciais? Nós temos algumas dicas para você. Confira!

Fonte: Canal do Pet

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Artigos Relacionados com Clínica Cirúrgica em Pequenos Animais: