Conheça a importância da palpação retal em bovinos

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

Palpação retal em bovinos A palpação retal em bovinos é um método crucial para identificar as estruturas internas do animal. O exame, também conhecido como toque, é realizado por meio da introdução da mão e braço do examinador no reto do animal. Esse é o procedimento mais utilizado para diagnosticar a gestação tanto em fêmeas bovinas quanto equinas.

Não adianta o veterinário saber aplicar as biotécnicas mais avançadas de reprodução se não tiver habilidade para realizar a palpação retal.

Que o exame é um dos métodos mais acessíveis e que pode fornecer importantes informações sobre as diversas situações da condição reprodutiva do animal, você, médico veterinário, já sabe. E mais, diversos produtores também já entenderam isso. Porém, que tal conhecer mais vantagens dessa técnica?

Conheça os benefícios da palpação retal

A palpação retal em bovinos é essencial para uma série de biotécnicas reprodutivas. Além de ser crucial para avaliação dos órgãos internos do animal, a palpação retal em bovinos proporciona diversas vantagens aos proprietários, como por exemplo:

  • Avaliar a viabilidade fetal;
  • Detectar gestações gemelares;
  • Diagnosticar as principais patologias da reprodução (útero e ovários).

Através da palpação na reprodução bovina é possível confirmar a existência e idade do embrião, a partir dos quarenta e cinco dias de monta ou inseminação artificial. 

Por isso, a técnica é aplicada principalmente para diagnosticar a gestação e saber ou não existência ou não da prenhez. Igualmente, facilita a tomada de decisões do manejo dos animais e previne gastos desnecessários.

Com o diagnóstico rápido é possível proporcionar aos bovinos programas nutricionais balanceados, que garantem a eficiência reprodutiva. Também, além de possibilitar o reconhecimento das fases da gestação bovina, esse exame permite detectar patologias ovarianas. E mais, a palpação retal ainda possibilita uma avaliação mais rápida da eficiência dos programas de indução e sincronização de cio.

Como fazer o exame retal? 

A prática da palpação retal em bovinos consiste em introduzir a mão até parte do braço no cólon do animal, o que permite avaliar seu aparelho reprodutivo e outras estruturas anexas. A fim de que a técnica seja aplicada com maior segurança, são necessários instrumentos higienizados e estruturas apropriadas. Para que o exame seja realizado da maneira correta, o médico veterinário deve dominar os conhecimentos sobre a anatomia do animal. 

As principais estruturas avaliadas durante o exame são: cérvix (colo), corpo do útero, cornos uterinos e ovários. O colo, ou cérvix, está localizado entre a vagina e o corpo do útero. A avaliação dessa estrutura é muito importante, já que permite detectar alterações que podem ser prejudiciais ao animal. Junto com o colo, o corpo e os cornos são outras estruturas que compõem o útero bovino. Ao se avaliar características como espessura, consistência e simetria desses órgãos, é possível obter informações cruciais sobre o animal examinado. Os ovários são responsáveis pela produção dos óvulos, que, quando luteinizados, dão origem aos corpos lúteos. 

Todo médico veterinário que atua na reprodução precisa conhecer sobre a palpação retal em bovinos. Veja no próximo tópico alguns motivos que vão te convencer a aprendê-la. 

Porque todo médico veterinário precisa saber realizar o procedimento?

O rebanho bovino brasileiro é composto por mais de 220 milhões de cabeças de gado. Então, é elevada a demanda dos serviços veterinários para diagnósticos de gestação, patologias reprodutivas e diversos outros tipos de atendimentos.

Conhecer as técnicas de palpação retal é um pré-requisito básico para qualquer veterinário que deseja trabalhar com a reprodução de bovinos. Assim, saber aplicá-la, também garante ao profissional qualificado uma maior rentabilidade. Pois, o exame tem sido uma das opções mais escolhidas pelos criadores que se preocupam com a saúde reprodutiva do animal, seu negócio e levam em conta o custo-benefício.

Capacitação em palpação retal

O treinamento da prática inicia-se na Faculdade de Medicina Veterinária, porém, muitas vezes, devido à rapidez e superficialidade do ensino deste método, muitos profissionais têm procurado cursos de especialização depois de formados. É preciso muita prática para saber o que você está apalpando. Por isso, não podemos deixar de mencionar que é preciso ter um treinamento intensivo para desenvolver a habilidade tátil e se habituar às alterações de forma e consistência dos órgãos internos. E claro, ao mesmo tempo, relacioná-las com as patologias reprodutivas e modificações uterinas decorrentes de gestação.

Com um cenário da bovinocultura atualmente competitivo, em especial na área de reprodução, é imprescindível que o veterinário tenha vasta experiência em palpação retal para a prestação de serviços.

Quer se capacitar com os melhores professores, num curso majoritariamente prático, focado na experiência do aluno? Clique aqui e saiba mais! 

Fontes: Infoescola, Wikihow, Grupo Cultivar

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Maratona da Reprodução Bovina

Atualizado em: 1 de abril de 2020

Artigos Relacionados com Bovinos: