Exames laboratoriais veterinários na clínica de grande animais

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
Exames laboratoriais veterinários na clínica de grande animais

Os exames laboratoriais veterinários têm um papel de fundamental importância dentro do diagnóstico que vem sendo realizados por profissionais da área. Seja na clínica de pequenos ou grande animais, cada vez mais esse recurso se faz presente para melhorar a qualidade desses diagnósticos. 

Mas antes, para entender a importância desses exames na clínica médica veterinária, é preciso compreender o que é a análise laboratorial nesse ramo. Os exames laboratoriais veterinários são análises de amostras recolhidas dos pacientes com o objetivo de identificar patógenos, determinar as condições fisiológicas dos animais, auxiliar no diagnóstico de enfermidades e patologias, avaliar a condição de órgãos e outras estruturas dos animais, entre outras aplicações. Outro papel importante desses exames é no controle de doenças e infecciosas e zoonoses

Pensando na rotina de grande animais alguns pontos devem ser levados em conta, como, por exemplo, a realização dos exames. Como os exames laboratoriais veterinários devem ser realizados em ambientes específicos, estruturados para realizar as análises clínicas de animais, na criação de grandes animais o transporte das amostras coletadas é uma realidade. Mesmo que a propriedade possua laboratório veterinário próprio para acompanhamento dos animais, algumas coletas podem acontecer a campo e é imprescindível que o veterinário esteja preparado para armazenar a transportar essas amostras da forma correta.

Dessa forma, vamos abordar o papel desses exames na clínica de grande animais, especialmente para as criações de equinos e bovinos, mercados de peso no Brasil. 

Exames laboratoriais veterinários em equinos

Dentro da clínica de equinos, os exames laboratoriais veterinários ocupam um papel de auxílio do médico veterinário. Esse animais exigem cuidados específicos, que devem ser realizados considerando fatores como: função desempenhada pelo animal no plantel, idade, sexo, instalações, nutrição disponível, entre outros. Dessa forma, esses exames entram como parte da rotina de manejo dos animais, na manutenção da sua saúde e condições físicas. Assim, eles oferecem ao veterinário uma forma de analisar por completo a saúde interna do animal, prevenir doenças e realizar diagnósticos mais precisos.

Outro ponto importante dos exames laboratoriais veterinários na criação de equinos, são os exames oficiais exigidos para o transporte de equinos. Entre eles estão o exame de Anemia Infecciosa Equina (AIE) e, dependendo do estado, ainda é exigido o exame de Mormo. Somente com esses exames é possível emitir a GTA (Guia de Trânsito Animal), que é requerida para o animal possa ser transportado entre cidades e estados. Esses exames possuem validades de 60 dias, por isso devem ser práticas de rotina dependendo da função do equino em transporte.

Ainda dentro do cuidado com os equinos, existem alguns exames preventivos que são indicados para o melhor manejo desses animais. Entre eles estão o hemograma e a análise de eletrólitos. Com esses exames é possível realizar um acompanhamento das condições físicas e diversas funções vitais do animal, permitindo o diagnóstico inicial de diversas enfermidades.

Exames laboratoriais veterinários em bovinos

Dentro da bovinocultura, os exames laboratoriais veterinários entram num momento em que a pecuária se torna mais progressista e competitiva. Dessa forma, o controle de qualidade se torna fundamental e exigido por lei, portanto conhecer os detalhes da saúde dos animais é essencial. Assim, como na saúde equina, os exames são realizados para auxiliar o veterinário responsável pelo rebanho a manter o controle de qualidade do produto final, por meio de um conhecimento mais detalhado das condições físicas dos animais.

Dentro disso, existem algumas análises mais comumente solicitadas. O diagnóstico laboratorial de mastite é a mais importante delas, já que a mastite é considerada uma doença de maior importância econômica na exploração leiteira. Essa doença causa prejuízos, causando descarte do produto final e perdas na produção.

Outro ponto onde são utilizados os exames laboratoriais veterinários é no acompanhamento da sanidade reprodutiva dos animais. Por meio do diagnóstico laboratorial é possível identificar diversas enfermidades reprodutivas como brucelose, tricomonose, campilobacteriose, leptospirose, IBR (rinotraqueíte infecciosa), e BVD (diarréia viral bovina).

Com tudo isso, podemos ver como as análises laboratoriais são fundamentais no manejo de rebanhos de grandes animais e essenciais para a manutenção de uma boa produção. Contudo, como mencionamos no início deste artigo, existem alguns pontos que precisam ser levados em conta para que elas ofereçam os resultados desejados.

Entre os principais estão a coleta, a armazenagem e o transporte correto das amostras. Só com amostras de qualidade é possível que os exames laboratoriais veterinários desempenhem seu papel e ofereçam a produtores e veterinários as respostas buscadas. Assim, o responsável pela amostra precisa estar capacitado para tratá-la durante todo esse processo. Além disso, é importante que o responsável entenda como realizar e interpretar os exames, já que conhecer o processo permite um diagnóstico muito mais embasado

Dessa forma, se você é um veterinário de grandes animais, que busca expandir seu conhecimento clínico e implementar de forma correta uma rotina de exames laboratoriais veterinários, CLIQUE AQUI e saiba como aprender tudo isso na prática!

Fonte: ABHV, Escola do Cavalo e Tecsa

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Artigos Relacionados com Genética e Tecnologia: