Você já ouviu falar na Clamidiose Felina?

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Doença de origem bacteriana e que compromete o aparelho respiratório dos gatos, causando ainda febre, espirros, conjuntivite e secreções nasais.

Aposto que esses e outros sinais provavelmente você já presenciou em muitos felinos que dão entrada nas clínicas e hospitais veterinários, não é mesmo?

A Clamidiose Felina é uma doença que pode ser contraída em ambientes insalubres e com aglomeração de outros animais, sendo que a transmissão é fácil de ocorrer via secreções.

Para a prevenção o melhor método a ser adotado é a vacinação, sendo que mesmo assim o animal pode correr o risco de contrair a doença, porém de forma mais branda.

Casos mais graves podem se transformar em pneumonia. Por isso, a importância do diagnóstico e tratamento o quanto antes.

Vale à pena ressaltar a importância dos proprietários estarem atentos na estação do inverno, já que o animal pode apresentar baixa imunidade pelas quedas de temperatura.

Vários tipos de tratamento podem ser indicados, de acordo com a intensidade da doença, sendo que a maioria dos casos consiste na aplicação de colírios, antibióticos, dentre outros.

É extremamente importante que nenhum medicamento seja ministrado por conta própria do dono do pet, sendo crucial que esta atividade seja realizada somente por um médico veterinário, evitando assim complicações e reações indesejadas.

Essa e outras enfermidades possuem sinais e sintomas parecidos, sendo de responsabilidade do médico veterinário saber identificar e racionalizar as diferentes enfermidades.

Você, profissional veterinário, saberia como diagnosticar e tratar essa e outras doenças de forma eficaz garantindo a saúde do animal?

Nós trouxemos algumas dicas para ampliar seu desenvolvimento e proporcionar um diferencial no seu conhecimento. Confira.

Fonte: Cachorro Gato

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Artigos Relacionados com Clínica Médica em Pequenos Animais: