Você sabia que algumas plantas podem ser tóxicas para cães e gatos?

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Muitas vezes, proprietários de cães e gatos não se dão conta que o perigo para os seus animais pode estar dentro da própria casa. Algumas plantas, consideradas como objetos atraentes de decoração, e aparentemente inofensivas, podem levar os pets a óbito quando ingeridas.

Colocamos aqui algumas plantas que fazem parte de uma extensa lista e que merecem uma atenção em relação aos pets.

 – Comigo-ninguém-pode: é altamente tóxica, ocasionando irritações na mucosa, edema, asfixia e até mesmo a morte.

– Lírio ou Lírio da Paz: causa irritação oral e ocular, problemas respiratórios e alterações no sistema renal e neurológico.

– Violeta: a ingestão de seu caule e semente são altamente perigosos, ocasionando em vômitos e diarreias, afetando também a respiração e circulação.

– Espada-de-são-jorge: causa a perda repentina dos movimentos do animal e salivação intensa.

– Antúrio: possuem oxalato de cálcio o que proporciona inchaço da boca, lábios e garganta, náuseas, vômitos e diarreias.

Quando diagnosticado algum dos sinais acima é fundamental a procura por um especialista na área para salvar a vida do animal.

Tem algumas ações preventivas, como evitar que os animais fiquem perto destas plantas, mas sabemos que muitas vezes é difícil controlar esta situação. Então qual é a solução? Estar preparado para atender, sem dúvidas ou receios, estes casos emergenciais, que são mais recorrentes do que a gente imagina.

Quer ficar por dentro das principais técnicas aplicadas em situações emergenciais como estas e outras situações em pequenos animais?

Então não perca tempo e amplie seu conhecimento. Seja um profissional preparado e faça a diferença. Confira aqui.

Fonte: Veja.com

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Artigos Relacionados com Clínica Médica em Pequenos Animais: