Aspectos do manejo reprodutivo são influenciados pelas técnicas mais desenvolvidas

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

A reprodução de bovinos objetiva gerar bezerros e bezerras utilizando matrizes, a partir da maturidade sexual até o momento de descarte e conseqüente substituição por novilhas (reposição), repetindo-se o ciclo de geração em geração.

O que se quer, por intermédio do maior e melhor conhecimento, é a aplicação das técnicas pecuárias avançadas, a fim de intensificar as parições, de forma que cada vaca, em idade reprodutiva, produza um bezerro por ano bem criado, o que demonstra a boa habilidade maternal. Dentre as técnicas de reprodução de bovinos, há as que recorrem às biotecnologias e existem outras que se apóiam em métodos mais rústicos e comuns.

Em regiões onde há a predominância dos sistemas de criação extensiva e/ou semi-intensiva, a monta natural, por exemplo, tem sido utilizada em larga escala, mesmo nos sistemas mais racionais, entretanto, alguns criadores, sobretudo os selecionadores, já utilizam inseminação artificial e transferência de embrião.

Essas tecnologias têm mostrado respostas extraordinárias no melhoramento genético do rebanho, num tempo muito reduzido. Além disso, em virtude dos altos investimentos de que necessitam essas técnicas mais desenvolvidas, passou-se a dar melhor atenção à alimentação, manejo e sanidade do rebanho, a fim de garantir o bom resultado das práticas de reprodução.

Por causa disso, a estação de monta deve ser realizada no período de maior disponibilidade de
pasto para garantir o bom estado geral das vacas e programar o nascimento dos bezerros na época menos chuvosa, com a finalidade de diminuir a mortalidade do recém-nascido. Portanto, deve ser adotado um programa de controle sanitário do rebanho, preparatório para a estação de monta. Essa, por sua vez, deve ser a mais curta possível, de no máximo 120 dias, podendo ser ajustada de acordo com o planejamento da propriedade.

Com o uso estratégico de pastagens cultivadas de maior disponibilidade e qualidade durante a estação seca, uma melhor condição nutricional é proporcionada às novilhas que serão enxertadas e às novilhas de primeira cria.

Cada raça tem seu peso ideal à primeira concepção, o qual deve ser respeitado, se o criador desejar que o animal atinja seu total desenvolvimento. Mesmo que essas novilhas entrem em cio antes de tal condição, elas não devem ser cobertas, pois se corre o risco de não conseguir manter as exigências nutritivas ao seu bom desenvolvimento. Fornecer boa alimentação às futuras vacas é, portanto, condição indispensável ao perfeito desenvolvimento e à obtenção de bons resultados.

A estação reprodutiva deve-se concentrar nos períodos de melhor fornecimento de alimentos, pois como as exigências nutritivas para reprodução são altas, o nascimento ocorre em
períodos secos, onde a incidência de doenças não é tão significativa.

Fonte: Sistemas de Produção

Adaptação: Revista Veterinária

 

 

Conheça o Curso de Transferência de Embriões em Bovinos

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •