Castração de um leitão recém-nascido e suas vantagens

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

A castração de suínos é uma técnica utilizada como prática de manejo na suinocultura. Não existe uma idade certa para realizar a castração, os animais destinados à terminação podem ser castrados em qualquer idade, porém se realizada nas primeiras semanas de vida (7 a 10 dias de vida) as vantagens são maiores, pois os leitões mais novos são mais acessíveis; exige pouca mão de obra para a castração; a ocorrência de hemorragia é pequena; a cicatrização é mais rápida; menor a chance de ocorrer infecção e o estresse para o leitão é menor.

A perda econômica em caso de morte de um leitão, devido à castração é menor do que se for um leitão mais velho.

No sistema de produção de suínos, a castração é uma medida obrigatória para o abate, busca-se uma técnica que seja simples e permita a continuidade do desenvolvimento do leitão. O ideal é que no dia da castração e durante o período de recuperação, o animal não seja submetido em outras práticas de manejo, para não diminuir a resistência do animal.

A castração pode ser feita pelo método escrotal, onde se realiza uma incisão sobre cada testículo, longitudinalmente, através do qual se exterioriza os mesmos. Após traciona-se de tal forma que o cordão espermático fique exposto e com auxílio de material cortante, como um bisturi ou gilete, raspe até romper o testículo.

Antes de iniciar o procedimento o técnico deve lavar a mão e colocar luvas. Para facilitar o trabalho o recomendado é utilizar uma caixa de contenção. O local utilizado para realizar a castração deve ser higienizado com água e sabão e ser secado com papel toalha. Após a secagem faz-se a assepsia com álcool iodado.

Fonte: Técnico em Agropecuária

Adaptação: Revista Veterinária

 

 

 

Conheça o Curso de Planejamento e Administração de Suinocultura

 

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •