Castração com Técnica do Gancho em Pequenos Animais

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

A castração pela técnica do gancho se caracteriza como um procedimento cirúrgico de esterilização que faz uma pequena incisão cirúrgica. A técnica também é conhecida como técnica minimamente invasiva.

Enquanto a incisão cirúrgica em técnicas tradicionais de esterilização pode chegar a 15 cm, na técnica de castração por gancho a incisão varia de 2 a 5 cm.

As vantagens observadas quando o procedimento é realizado nos machos são: diminuem o hábito de urinar em todos os cantos;fugir atrás de fêmeas no cio; brigar com outros animais; miar/uivar durante a noite; diminui o odor da urina.

Já para as fêmeas as vantagens são: diminui o risco de tumor de mama (principalmente se castrada antes do primeiro cio); ausência de comportamentos sexuais (cio, prenhez, pseudociese); ausência dos comportamentos típicos de estro, como movimentação, vocalizações, nervosismo; evita prenhez indesejada; evita superpopulação; evita o risco de infecção e trauma do coito; evita complicações de gestação e parto; evita infecções uterinas; evita estresse físico e emocional de cio e pseudociese repetidos.

A melhor idade para castrar o animal é entre seis e oito meses de idade. A recuperação é simples.

           

Fonte: www.clinicaveterinariacuritiba.com.br

 

Entenda sobre os aspectos anatômicos do aparelho reprodutor de cães e gatos.

Saiba mais sobre cursos na área de pequenos animais, clique aqui!!!

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Artigos Relacionados com Pequenos Animais: