Cavalos são comprados em leilões para alimentação humana nos EUA

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

O governador Chris Christie assinou a lei proibindo a prática de comercialização de cavalos para consumo humano em Nova Jersey, conforme publicado na ANDA, porém, em outras localidades dos Estados Unidos continua aparecendo na mídia notícias sobre um aparente aumento no consumo de carne de cavalos, denunciado por um comércio crescente.

No inicio de setembro o departamento de Agricultura de Nevada (NDA) havia recolhido 23 cavalos selvagens nas imediações de Virginia (EUA). Na ocasião, o NDA enviou os 23 cavalos para a Fazenda Fallon Livestock Yard para serem leiloados, já que a localidade de Reno, em Nevada, é pública e não está sob a Lei de Proteção a Cavalos Selvagens, que é válida apenas quando os animais estão em terras federais. Os compradores de cavalos selvagens são conhecidos por venderem cavalos ao Canadá e ao México, para serem mortos para alimentação humana.

Para salvar os 23 cavalos grupos de ativistas defensores de cavalos selvagens, incluindo Organizações como a Hidden Valley Wild Horse Protection Fund, a Let 'Em Run Foundation, e a Horse Power, tiveram que desembolsar 11 mil dólares para salvar todos os cavalos no leilão. Os grupos esperavam ter que desembolsar 3 mil dólares, os ativistas acreditam que Jack Payne, proprietário da fazenda de leilões, aumentou de maneira duvidosa o preço de oferta dos cavalos, em um tipo de prática ilegal configurada como fraudulenta. No entanto, os defensores não conseguiram obter a devida assessoria sobre como as leis de Nevada tratam esta prática.

No dia 26 de setembro, mais 25 cavalos da mesma área seriam leiloados. Os ativistas vêm tentando levantar mais fundos para salvá-los. O Governador de Nevada, Brian Sandoval, não tem respondido aos protestos públicos. A situação ficou num impasse os ativistas a cada leilão tenta arrecadar fundos para salvar os animais, por se tratar de cavalos selvagens capturados na natureza, em breve haverá mais cavalos a serem leiloados, ou seja, a situação não terá fim, independente de quaisquer recursos que os ativistas possam levantar e que, por sua vez, serão limitados.

O que precisa mudar como na maioria dos casos, é a Lei e a atitude do Governo perante os animais. Diga-se de passagem, talvez ainda mais importante, é a necessidade de conscientização pública. Pois se não houver quem consuma a carne desses cavalos, não haverá mercado para venda dos animais para abate.

Assine a petição para ajudar a protestar e a pedir proteção para os cavalos selvagens das terras de Nevada.

Fonte: Anda

Adaptação: Revista Veterinária

Conheça o Curso de Manejo Nutricional de Equinos ( Alimentos e Alimentação)

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •