Ceratoconjuntivite Seca em Cães

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

Uma doença causada pelo ressecamento da córnea e da conjuntiva, em virtude da diminuição de lágrimas, ou seja, quando ocorre o comprometimento da fração aquosa, dando espaço para mais muco e gordura. Assim pode ser classificada a ceratoconjuntivite seca (CCS), enfermidade que vem atingindo cães de diversas idades.

As características mais comuns do animal portador desta doença são inflamação, secreção e dor nos olhos, muitas vezes causados por alguma bactéria. Muitas são as causas que levam um cão a ter a ceratoconjuntivite seca. Além dos fatores congênitos, a doença pode surgir por conta de lesões na região dos olhos, distúrbios endócrinos, falta de vitaminas, envelhecimento, botulismo etc.

O diagnóstico é realizado por meio de exames oftalmológicos. O tratamento deve ser realizado por um médico veterinário especializado, que prescreverá colírios que potencializam a produção de lágrimas, juntamente com anti-inflamatórios e antibiótico. Em situações mais graves e no último caso é aconselhável, inclusive, a intervenção cirúrgica.

 

O acompanhamento de um profissional capacitado na área da oftalmologia é essencial para garantir a saúde do animal e sucesso no tratamento. Saiba mais.

Fonte: Oftalmologia Animal

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Artigos Relacionados com Clínica Médica em Pequenos Animais: