Zootecnistas querem Conselho Regional de Zootecnia

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

No ano de 1913 e 1914 foram fundadas as duas primeiras Universidades Veterinárias do Brasil, ambas no Rio de Janeiro. Dezenove anos depois, no dia 09 de setembro de 1933, foi criado o Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV), legalizando as condições da classe profissional, através do Dec. nº23.133, do então presidente da República Getúlio Vargas.

A Zootecnia foi ensinada como disciplina especial nos cursos de Agronomia até o ano de 1966, quando foi criado o curso específico, na PUC de Uruguaiana, RS. Desde então os zootecnistas vêm buscando independência legal.

Como a base do curso se assemelha à veterinária, a zootecnia até hoje é atendida pelo CRMV, porém, menor é sua eficácia quando não se trata de um conselho específico, tendo que fazer a fiscalização das duas áreas ao invés de uma. Por esse motivo, zootecnistas estão lutando para fundar o Conselho Regional da Zootecnia. Está em processo a aprovação da Lei 1372/2003 que apoia a criação do mesmo.

O projeto passou por todo o processo inicial nas Comissões da Câmara e na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania no Senado e foi aprovado de forma unânime, retornando por força regulamentar à Câmara, com o apoio da deputada Andréia Zito, PSDS-RJ, e mais uma vez foi aprovado por unanimidade e por último se encontra na Câmara Federal, na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, já com parecer favorável do deputado Federal Odair Cunha, PT-MG.

O Conselho tem como objetivo a fiscalização da atuação de profissionais da área, bem como garantir que apenas portadores do diploma do curso exerçam a profissão, aumentando as oportunidades no mercado para os mesmos. É por esse motivo que será uma vitória tão importante para os zootecnistas a criação desta Instituição.

Por: Stéfany Dias

Revista Veterinária

Conheça o Curso de Formulação de Dietas e Rações para Bovinos

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •