Controle do botulismo bovino

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

botulismo em bovinosO botulismo bovino pode acometer os rebanhos trazendo grandes prejuízos ao pecuarista, uma vez que, o tratamento é normalmente ineficaz e economicamente impraticável.

            Assim, o controle do botulismo no rebanho bovino consiste na adoção de medidas preventivas que se relacionam à: melhoria das condições ambientais e sanitárias, eliminando as fontes de contaminação nas pastagens por meio da remoção e incineração de carcaças; oferecer um manejo nutricional adequado, como a correção da deficiência de fósforo nas pastagens com a suplementação mineral permanente dos animais; e vacinar todo o rebanho com toxóides botulínicos presentes em diferentes vacinas comerciais.

            É preciso vacinar os rebanhos anualmente, antes do período das chuvas, reforçando a dose quatro a seis semanas após a primeira. E ainda, é preciso armazenar corretamente as silagens, as rações e os fenos oferecidos aos animais.

Como avaliar os problemas que venham ocorrer com os bovinos?

Aprenda a tomar decisões em situações emergenciais e  reconhecer os principais sinais e sintomas?

Shop Veterinário: Tudo para o médico veterinário. Confira!

 

Fonte: Beefpoint

Adaptação: Revista Veterinária

Conheça o Curso de Primeiros Socorros em Bovinos

Primeiros Socorros em Bovinos2

  •  
  •  
  •  
  •  
  •