Descoberta da anestesia e suas vantagens

anestesia - CópiaA descoberta da anestesia proporcionou grandes avanços para a medicina, e consequentemente melhores condições aos pacientes.

A primeira anestesia utilizada era aplicada via oral, feita a base de álcool e pólvora. Em 1831 foi descoberta a anestesia de clorofórmio e em 1840 a anestesia com éter.

Antes da descoberta da anestesia a dores causadas por algum tipo de moléstia eram insuportáveis, o tratamento era dificultado e até impossível de ser realizado. Com a descoberta da anestesia, os processos foram facilitados e, dessa forma, um grande avanço na área foi alcançado. Os benefícios gerados a pacientes e médicos trouxeram maiores confortos e qualidade.

Para procedimentos odontológicos, quando há necessidade do uso da anestesia, é utilizada a anestesia geral inalatória, pois ela imobiliza o animal permitindo que o tratamento seja feito se danos ao paciente e ao profissional.

Cuidados como entubar o animal para evitar a aspiração de água, fornecimento de oxigênio de maneira adequada e monitoramento constante do animais são necessários, evitando dessa forma prováveis acidentes e consequentemente danos ao paciente.

Como realizar avaliação do paciente para definição de protocolos e risco anestésico?

Quais os métodos para indução da anestesia geral intravenosa?

Como identificar os planos de anestesia no paciente?

Fonte: Pro Animal

Adaptação: Revista Veterinária

Conheça o Curso de Anestesias em Pequenos Animais

anestesia em pequenos animais