Patas mecânicas possibilitam animais voltarem a andar

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

Aplicado com sucesso em seres humanos, o implante de próteses agora é também uma realidade para cães e gatos.  alguns animais já fazem uso da tecnologia e parem se adaptar com facilidade. Esse é o caso de Naki'o, primeiro cão do mundo a  usar um conjunto completo de patas mecânicas.

Naki'o perdeu as quatro patas após pisar em uma poça de gelo e ficar com as patas presas em água gelada. O excesso de frio necrosou seus mebros.

Foram arrecadados fundos para comprar as patas mecânicas para o animal e um grupo de ortopedistas se dispuseram a operar Naki'o de graça.

Feitas sob medida, as patas levaram cerca de quinze dias para ficarem prontas e custaram.  As próteses custam a partir de 800 dólares e podem ser adaptadas desde que os membros não sofram amputação total.

Hoje o cão é capaz de correr e brincar normalmente.

Apesar do uso das próteses serem mais comuns entre cães, já foram desenvolvidas ta,bem para animais maiores. A mesma empresa fabrica produtos semelhantes para gatos, lhamas, bezerros e até alpacas.

Outro caso de sucesso do uso das próteses trata- se um elefante que foi mutilado, no Camboja, e ficou três anos sem a pata dianteira. Devido a isso o animal desenvolveu deformidades nos ossos.

Vendo o sofrimento do animal, membros de ONG de proteção aos animais desenvolveram uma pata mecânica para o bicho. Agora com a ajuda de veterinários  e fisioterapeutas o elefante está voltando a andar.

Assista ao vídeo de Naki”o

[yframe url=”http://www.youtube.com/watch?v=rwMe5hufu3c”]

Fonte: Revista Época

Adaptação: Revista Veterinária

 

Conheça o Curso de Cirurgias Ortopédicas me Pequenos Animais

 

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Artigos Relacionados com Clínica Cirúrgica em Pequenos Animais: