Plantas tóxicas para cavalos

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

No sistema extensivo de criação de equinos, bastante comum no Brasil, o cavalo possui liberdade para se locomover e se alimentar, geralmente de gramíneas e leguminosas.

Porém o animal pode correr risco por conta da ingestão de plantas tóxicas, as quais podem gerar consequências negativas para a saúde e principalmente no trato digestivo.

O sistema digestivo dos equinos por ser mais delicado do que de outros animais, pode reagir muito mal e gerar cólicas, dentre outros problemas.

Por isso é sempre importante que os envolvidos na criação dos animais percorram esporadicamente a área que o animal pasta, e saiba identificar as plantas que fazem mal.

A acácia-negra, por exemplo, causa anorexia, cansaço, cólica e depressão. Já a Bolotas, são plantas venenosas, causam dores abdominais e renais. A Cavalinha é outro vegetal pernicioso, pois destrói as reservas de vitamina B do animal, causando sérios danos à saúde.

Estes são apenas alguns exemplos, sendo que a lista de plantas e ervas tóxicas é muito vasta.

Por isso, se o animal ingerir alguma delas, é preciso procurar urgentemente um médico veterinário, que prescreverá o medicamento correto e orientará o proprietário quanto ao processo de desintoxicação.

O profissional deve estar apto a lidar com esses tipos de situações, sendo grande o número de casos relacionados a intoxicação de equinos por plantas nas clínicas veterinárias de grandes animais. Clique e confira.

Fonte: Perito Animal

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Artigos Relacionados com Clínica Médica em Equinos: