Transfusão sanguínea em gatos

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

Geralmente a transfusão sanguínea em gatos é realizada em caráter de emergência, quando o paciente se encontra anêmico ou sujeito a risco de vida. A transfusão visa manter a vida do animal acometido mantendo a circulação da hemoglobina em níveis satisfatórios.

A transfusão sanguínea é indicada em casos de baixa da concentração celular sanguínea seguida de sintomas clínicos de anemia, como mucosas pálidas, taquicardia, sopro cardíaco funcional ou sopro anêmico; em cirurgias prolongadas com grandes perdas de sangue; em estados de hipoproteinemias resultantes de prolongada inanição, de enfermidades parasitárias consuntivas, de infecções, de queimaduras e de intoxicações; e como terapia inespecífica estimulante.  

Já a contraindicação se dá em casos de incompatibilidade sanguínea transfundido com o do receptor, porém se o paciente que apresenta a hemorragia aguda e está em risco de vida, o sangue deve ser aplicado com recurso de emergência.

Fonte: Portal Saúde Animal

Medicina Felina, conheça melhor os felinos e suas particularidades. Clique aqui.

Aprenda realizar procedimentos e intervenções de rotina na clínica médica. Veja aqui.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •