Tuberculose provoca abate de 72 cabeças de gado em SC

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

Foram abatidas 72 cabeças de gado, num frigorífico da cidade de Concórdia – SC, nesta terça-feira, 13. O que motivou o abate foi o diagnóstico de Tuberculose, detectada pelos técnicos da CIDASC. Havia, no local, 160 cabeças. Gisele Bertol Rosa, coordenadora da área de defesa animal da CIDASC afirmou que o número elevado de animais doentes se deve à demora na realização dos exames.

Há muita dificuldade em se perceber os sintomas. É preciso ficar atento a eles, pois o animal emagrece, perde em rendimento, além de contaminar outros animais. A melhor solução, ao se constatar a doença, é o abate, devido à dificuldade do tratamento, garante Gisele.

 A ingestão de carne e leite contaminados pode afetar, também, os seres humanos. Provoca lesões no intestino e em alguns casos, no pulmão.

A CIDASC afirma não haver motivos para pânico, pois trata-se de um caso isolado. “!Vamos continuar monitorando e realizar novos exames nos animais que restaram. Só depois a propriedade estará liberada”,  disse Gisele. 120 animais foram abatidos na região de Concórdia, no período de um ano, por apresentarem a doença.

 

Fonte: Radio Rural de Concórdia

Adaptação: Revista Veterinária

 

Conheça o Curso de Primeiros Socorros em Bovinos

 

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •