Varredura abdominal em pequenos animais: importância e recomendações

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

A varredura abdominal em pequenos animais é um exame de imagem feito por meio da ultrassonografia veterinária, muito recomendado pelos profissionais. 

Varredura abdominal em pequenos animais importância e recomendações
foto: CPT Cursos Presenciais

Isso por ser capaz de revelar diversas alterações ou patologias abdominais e torácicas de forma precoce, auxiliando na detecção, prevenção e intervenção.

Quer saber mais? Neste artigo vamos explicar melhor o que é a varredura abdominal em pequenos animais, sua importância e quando é indicada. 

Além disso, abordamos o papel essencial de estar capacitado para detectar de forma precisa as questões na varredura. Confira!

A varredura abdominal em pequenos animais e sua importância

A varredura abdominal é um método de diagnóstico que tem como principal função avaliar de forma minuciosa e segura a cavidade torácica e abdominal dos animais, fornecendo informações valiosas e complementares aos exames físicos. 

A ultrassonografia abdominal é utilizada para avaliar todos os órgãos abdominais, mesentério e omento, peritônio e parede abdominal, bem como determinar origem e extensão de massas abdominais. 

Ela  permite realizar avaliação de tamanho, formato, contorno, posição e estrutura interna dos órgãos,  observar a disposição interna do conjunto e as condições gerais das paredes de órgãos cavitários, assim como a sua vascularização. E tudo isso sem emitir radiação ionizante e de maneira não invasiva. 

A preparação para o exame inclui jejum, ingestão de água para manter a bexiga cheia, e tricotomia ampla no abdômen. Raramente é preciso recorrer a contenção química, mas em alguns casos ela é necessária.

Para realizar o exame é preciso aplicar uma boa quantidade de gel condutor sobre a pele já depilada. Isso serve para garantir uma boa superfície de contato entre o transdutor e o paciente. 

Em geral, a posição ideal para o animal ser examinado é em decúbito dorsal,  à direita do ultrassonografista, com sua cabeça paralela ao aparelho e a região caudal próxima ao braço direito do examinador. Contudo, também pode ser examinado em decúbito lateral e até em estação, caso seja necessário. 

Assim, para aumentar a precisão na interpretação dos achados ultrassonográficos, o profissional também precisa levar em consideração histórico, sintomatologia clínica, exame físico e laboratoriais, além de outros meios de diagnóstico por imagem.

Sabendo de todas suas possibilidades, é possível perceber que a varredura abdominal em pequenos animais é útil para detectar diversas doenças ou problemas nessas regiões, podendo ser a diferença entre um diagnóstico precoce ou tardio. Sendo assim, ela pode salvar a vida do animal, ou garantir maiores condições de cura. 

Indicações para realização da varredura abdominal em pequenos animais

A ultrassonografia abdominal nos pequenos animais é indicada em diversas situações, como nas consultas de rotina, principalmente se o animal apresentar predisposição à doenças relacionadas à idade, sexo ou raça ou estiver apresentado dor abdominal.  

Uma das principais aplicações da ultrassonografia abdominal em pequenos animais é a avaliação do fígado, mas a varredura também é indicada em casos de:

  • Aumento de volume abdominal;
  • Massa abdominal palpável;
  • Emagrecimento progressivo;
  • Alterações do trato reprodutivo masculino e feminino;
  • Pesquisa de metástase;
  • Febre de origem desconhecida;
  • Suspeita de processo obstrutivo em trato intestinal;
  • Disúria / anúria; 
  • Anorexia / êmese;
  • Linfoma;
  • Torção esplênica e gástrica;
  • Suspeita de alterações pancreáticas ou adrenais;
  • Anomalia renal palpável;
  • Suspeita de cistite ou demais alterações em bexiga urinária. 

Importância da preparação do médico veterinário

A varredura abdominal em pequenos animais é um importante  instrumento na detecção precoce de sinais ultrassonográficos nos principais órgãos desses animais. Porém, é muito importante que o exame seja realizado por um profissional qualificado e com profundo conhecimento da técnica, para apresentar resultados satisfatórios.  

Assim, é muito importante que o médico veterinário desenvolva um método sistemático para melhorar a eficácia da técnica. Além disso, este tipo de exame exige do profissional conhecimento apurado de anatomia topográfica e ultrassonográfica, fisiologia, fisiopatologia, efeitos das diferenças corporais, capacidade e limitação dos equipamentos.

Além de alto nível de destreza e coordenação dos olhos, e o conhecimento dos princípios de formação da imagem ultrassonográfica e dos artefatos gerados durante um exame.  

Compreender as técnicas de ultrassonografia veterinária faz toda diferença na carreira de um profissional que quer se destacar no mercado. Afinal, é um método rápido, seguro, não invasivo, sem contra indicação, não causa dor e não tende a ser um exame caro. 

Por isso, se você deseja ampliar o seu campo de atuação, você precisa aprender a técnica para apresentar diagnósticos precisos e seguros a partir do exame realizado. 

No curso de Ultrassonografia em Pequenos Animais do CPT Cursos Presenciais você aprende de forma prática, individualizada e intensiva a fazer varredura abdominal, avaliação dos sistemas urinário e gastrointestinal, ovário, útero, próstata e testículos. Não perca tempo!

Fontes:UNESP, UNIC, Shop Veterinário, Vetimagem

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


Atualizado em: 5 de janeiro de 2021

Artigos Relacionados com Pequenos Animais: