A importância da castração de bovinos de corte em confinamento

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A castração de bovinos de corte em confinamento tem como uma das principais vantagens, além da própria interrupção da reprodução, a facilidade proporcionada ao manejo do produtor.

Isso deve ao fato de que os animais passam a ficar mais dóceis e calmos, permitindo ainda a mistura de bois e vacas, sem maiores problemas na conduta sexual.

Outra grande vantagem da castração está na carne, conforme diversos estudos constataram melhor qualidade, como maciez, por exemplo.

O animal passa ainda a ter maior crescimento e engorda, adquirindo maior valor nos frigoríficos.

Sendo assim, quanto mais cedo os bovinos passarem pelo procedimento de castração, melhores são os resultados futuros.

Há dois métodos mais usuais para a realização da castração. O Torquês consiste em um “esmagamento” dos canais dos órgãos reprodutores. Este, embora não pareça, é o menos doloroso e considerado mais eficiente. O outro é o método por meio de ablação, realizado por meio de um corte na bolsa escrotal para a retirada dos testículos.

Nenhum dos métodos deve ser realizado por leigos, sob riscos de infecções e outras complicações. Por isso, é aconselhável que sejam feitos por médicos veterinários especializados e capacitados no assunto.

 

No mercado da bovinocultura animais castrados muitas vezes são mais valorizados pela qualidade e rendimento no confinamento.

Entenda mais sobre as técnicas de castração e se atualize no assunto.

Clique e confira.

Fonte: Embrapa

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  


Atualizado em: 16 de dezembro de 2016

Artigos Relacionados com Bovinos: