A importância da vacinação na prevenção da raiva

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A raiva é uma doença do tipo zoonose e que pode ser transmitida através da salivação de mamíferos. No meio urbano os cães e gatos, atingidos por esta doença, podem por sua vez repassá-la para o homem se medidas de controle e proteção não forem devidamente tomadas. Já no ambiente rural, o agente transmissor mais comum é o morcego.

No mês de agosto a campanha contra a doença se intensifica no Brasil, de modo a conscientizar a população a vacinar seus cães.

Os sinais mais comuns da raiva são tremores, convulsões, paralisia de parte dos membros, salivação, agressividade, dentre outras.

Sendo assim, quando o animal apresentar estes sinais, o proprietário deve tomar algumas medidas de prevenção, até a chegada de um médico veterinário, que recomendará a melhor terapia.

A doença, em muitas regiões, está erradicada. Porém, o trabalho preventivo deve permanecer de forma contínua.

Profissionais devem estar aptos para atuarem diante dessas e outras enfermidades que acometem os pets no dia a dia. Confira.

Fonte: IdmedPet

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  


Atualizado em: 16 de maio de 2017

Artigos Relacionados com Bovinos: