Crise urêmica em cães com insuficiência renal

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A insuficiência renal em cães é uma doença considerada grave, e que acomete geralmente animais mais idosos, em virtude do envelhecimento do órgão, que deixa de desempenhar suas funções corretamente.

Essa enfermidade pode ser desencadeada a partir de doenças como hipertensão e diabetes. Os sinais mais comuns apresentados pelo animal portador da doença é a sede excessiva e frequência urinária, como tentativas naturais de se eliminar as toxinas não filtradas pelo órgão e que se acumularam na corrente sanguínea.

A crise urêmica é consequência da doença e se manifesta em uma fase avançada da mesma, principalmente quando o animal não consegue mais filtrar a uréia (resíduos do corpo), acarretando na contaminação do sangue.

Nestes momentos, é preciso uma atenção imediata de algum profissional da medicina veterinária, já que o animal corre risco de vida.  Os sintomas da doença precisam ser observados ao longo do tempo e no dia a dia do cão, sendo destacados entre eles a falta de coordenação, perda de peso, apetite, inchaço na boca, feridas, dentre outros.

Já o tratamento tem como objetivo aliviar os sintomas, sendo um dos mais tradicionais e usados é a fluidoterapia, liberando o acúmulo dos resíduos tóxicos, além de medicamentos em alguns casos.

Em casa o proprietário pode também fazer sua parte, para se evitar as crises, continuando a injetar fluidos, promovendo alterações na dieta com a redução de proteínas e fosfato de sódio, além de ministrar complementos vitamínicos,  com orientação médica, além de disponibilizar água em abundância para o animal.

 

Em muitos casos são recomendados a prática de fuidoterapia. Entenda mais sobre essa técnica. Clique aqui.

Fonte: Ehow

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Artigos Relacionados com Clínica Cirúrgica em Pequenos Animais: