Diagnosticado o primeiro caso de Meningoencefalite Necrosante Idiopática em cães da raça Pug de MG

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O primeiro caso de Meningoencefalite Necrosante Idiopática, em cães da raça Pug, de Mimas Gerais  foi diagnosticada no Hospital Veterinário da Univiçosa.

A meningoencefalite necrosante idiopática foi descrita primeiramente em cães da raça pug e hoje é descrita em diversas raças de pequeno porte. É considera, ainda, de causa desconhecida pela literatura e de pouco conhecimento dos profissionais da área o que as vezes contribui para que a doença seja negligenciada e não diagnosticada. Por isso a importância de relatar a doença em cães que são acometidos de forma natural.

O animal do relato, é um cão da raça pug, fêmea , de 2 anos de idade que foi atendido no hospital veterinário da UNIVIÇOSA com diversas alterações neurológicas, foram realizados na primeira consulta exames laboratoriais e o animal foi liberado. O animal retornou três dias após com agravamento dos sinais clínicos e em estado comatoso, devido a gravidade do quadro e prognóstico desfavorável do animal o proprietário optou pela eutanásia e animal foi encaminhado para a necropsia para estabelecermos um diagnóstico definitivo. Devidos as alterações histopatológicas condizentes com as alterações descritas pela literatura para a doença foi confirmado o diagnóstico de meningoencefalite necrosante idiopática. O primeiro relato de Minas Gerais e o quarto relato do Brasil publicados até a presente data.

 

Autor (a): Gláucia Matos Marques da Silva, aluna  do curso de Medicina Veterinária da UNIVIÇOSA.

 

 

Conheça o Curso de Emergência e Pronto Atendimento em Pequenos Animais

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  


Atualizado em: 10 de junho de 2011

Artigos Relacionados com Pequenos Animais: