Fertilidade de rebanhos bovinos pode ser afetada com erros de nutrição

  •   
  •   
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

A reprodução bovina é o objetivo de grande parte das propriedades rurais, assim como a produção de carne e leite.  E dentro deste aspecto, potencializar as condições para a fertilidade, por meio de um planejamento, é, portanto, essencial. Por outro lado, existem ações de manejo, ou mesmo doenças, que podem levar justamente para o caminho oposto, ou seja, a baixa fertilidade.

Há várias questões que podem atrapalhar a boa fertilidade, como por exemplo, as síndromes ocorridas nas fêmeas. Uma delas é o anestro, que é a própria falta do ciclo estral ou falhas em sua ocorrência. Podemos citar também os abortos, por conta de diferentes motivos, como idade, infecções, dentre outros.

As causas destas síndromes podem estar inclusive, atreladas aos erros de alimentação, ou seja, tanto a falta quanto o excesso de alguns nutrientes atuam como impeditivos da fertilidade. No Brasil a subnutrição é mais comum, sendo que o problema pode ser agravado por conta de doenças e alta demanda por leite.

Já nos casos de alimentação em excesso, o problema ocorre por conta da alta ingestão de ração energética, levando o animal a um quadro de obesidade, de modo a comprometer a função reprodutiva e elevar a presença de gorduras. Nos casos dos machos, a obesidade atrapalha inclusive o processo de monta.

Por isso a importância da colaboração de um profissional especializado, capaz de realizar um planejamento nutricional balanceado de modo a suprir as necessidades do animal sem que haja estes transtornos.

O planejamento nutricional do animal é fundamental para o sucesso na reprodução, porém ter os equipamentos corretos para te auxiliar nos métodos é de extrema importância. Saiba mais.

Fonte: Agrolink

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  


Atualizado em: 17 de setembro de 2017

Artigos Relacionados com Bovinos: