Aspiração folicular para FIV em bovinos

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
FIV em bovinos

Obter eficiência reprodutiva é fundamental para o sucesso econômico de todos os rebanhos. A FIV em bovinos (fertilização in vitro) é uma importante biotécnica voltada para produção de animais com genética superior. Neste processo, o primeiro passo é a coleta dos óvulos de fêmeas doadoras por meio da técnica de aspiração folicular. Logo depois, é feita a inseminação artificial e o procedimento termina com a transferência de embriões para a fêmea receptora.

De forma resumida, aspiração folicular para FIV em bovinos é a técnica utilizada para retirar os óvulos imaturos dos ovários das vacas. E mais, junto com a inseminação artificial e a transferência de embriões, é responsável pelo melhoramento genético animal. No Brasil o primeiro bezerro in vitro nasceu em 1994, desde então a técnica vem ganhando prestígio. 

leia este artigo e saiba mais sobre o assunto! 

Vantagens da aspiração folicular para FIV em bovinos 

A principal contribuição da aspiração folicular para FIV em bovinos é sem dúvidas a possibilidade da reprodutora produzir centenas de bezerros em um mesmo ano. Outras contribuições são:

  • Menor intervalo entre as coletas;
  • Maior qualidade genética do embrião;
  • Maior resistência à criopreservação (congelamento);
  • Facilidade para comercialização do embrião;
  • Aproveitamento dos eventos fisiológicos do animal;
  • Melhor aproveitamento das fêmeas mais novas ou mais velhas que “abandonariam” a gestação.

Aspiração folicular guiada por ultrassom 

A aspiração folicular guiada por ultrassom (OPU-Ovum pick-up) é a primeira etapa da produção de embriões in vitro (PIV). Os folículos ovarianos visualizados no aparelho de  ultrassom são penetrados com uma agulha ligada a um sistema de vácuo, aspirando o conteúdo líquido e com ele o óvulo. Assim, os óvulos coletados são rastreados, selecionados e envasados para envio a um laboratório onde serão produzidos os embriões. 

No método tradicional de reprodução utilizando as técnicas de inseminação artificial, cada vaca doadora pode dar no máximo um bezerro por ano. Porém, com as técnicas de TE e FIV em bovinos, o rebanho é multiplicado em número de 15 a 50 crias por ano, respectivamente. 

Demanda por profissionais qualificados

A FIV em bovinos é extremamente positiva para o melhoramento genético do rebanho. Porém, precisa ser executada por profissionais capacitados, que tenham o domínio das técnicas. Assim, é possível obter bons resultados para o rebanho e atuar em um mercado com grande potencial e em constante crescimento. 

E sabe qual é a melhor maneira de se capacitar? Aprendendo as técnicas na prática, por isso, o Curso de Aspiração Folicular (OPU) para FIV em Bovinos do CPT Presenciais é ideal para você. Então, clique no banner abaixo e confira todas as informações!   

Fonte: Shop Veterinário

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


Atualizado em: 14 de agosto de 2019

Artigos Relacionados com Bovinos: