Picada de cobra em bovinos: o que fazer?

  •   
  •   
  • 768
  •  
  •  
  •  
  •  

A picada de cobra em bovinos é um assunto sério, e o envenenamento dos animais pode levar à morte, se o tratamento adequado não for fornecido rapidamente. Além disso, em alguns casos é comum que tanto o veterinário quanto o vaqueiro confundam os acidentes ofídicos com outras causas.

Os animais costumam ser picados na região da face e das patas. Porém, as marcas de mordida são difíceis de serem identificadas devido a cobertura pelos pelos. Algumas doenças matam rapidamente e tem características semelhantes às de envenenamento por cobra. Então, é comum que as mortes súbitas na propriedade sejam atribuídas a ela.

Muitas vezes, é mais importante que o produtor de atenção a um bom calendário de vacinação dos animais, ao invés de se preocupar em capturar as cobras. Então, pensando nisso preparamos este conteúdo indispensável para te ajudar a identificar os eventos de envenenamento.

Ao longo deste artigo abordaremos os seguintes tópicos:

1- Características da picada de cobra em bovinos

2- Gravidade do envenenamento

3- Realmente o animal foi picado por cobra?

4- De que forma tratar

Características da picada de cobras em bovinos

Picada de cobra em bovinos, o que vem a sua cabeça quando ouve falar sobre o assunto? Para muitos fazendeiros é sinônimo de prejuízo. Afinal, imagine que você seja produtor de leite e uma de suas vacas mais produtivas seja picada por cobra. O que você espera é que o animal receba tratamento adequado o mais rápido possível né? afinal ninguém quer correr o risco de perder o animal .

Nesse sentido, o mercado demanda profissionais capacitados para atuar em diferentes situações de emergência. Assim, você, que sabe atuar em situações como esta, tem um diferencial sobre os demais. E os produtores que conhecem o assunto, sabem tomar as decisões certas até que o veterinário chegue.

A maioria das picadas são causadas por cobras venenosas, as mais comuns no Brasil são a cascavel, jararaca e a coral. Ao ser picado, o animal pode ter seus rins e sistema nervoso central afetado. E mais, podem ainda ocorrer hemorragias em função da coagulação do sangue.

Vale lembrar que grande parte dos casos são de picadas por jararaca, e dependendo do volume de veneno injetado, pode causar necrose local do tecido. E mais, podem surgir grandes feridas, com o aumento da dor os animais costumam ficar abatidos e sem apetite.

Além das características citadas acima, é comum ocorrer:

– Duas ou mais perfurações

– Inchaço no local da picada

– Queda de pressão

– Tremores musculares

– Vômitos e náuseas

– Ocorrência de hemorragias

Gravidade do envenenamento

Caso a cobra que picou o animal não seja venenosa, é comum que ele apresente apenas dores e inchaços no local. Porém, você, médico veterinário, precisa estar muito bem preparado para as situações de emergência com bovinos. Logo, é sobre estes casos que falaremos. O grau de envenenamento dos animais é influenciado por alguns fatores, entre eles:

– Época do ano

– Quantidade de veneno injetado

– Parte do corpo em que o animal foi mordido

– Espécie da cobra que mordeu

– Tamanho do bovino

Realmente o animal foi picado por cobra?

Conforme conversamos anteriormente, é comum que os sintomas da picada de cobra em bovinos sejam confundidos com envenenamento por plantas. O primeiro passo é identificar se realmente o animal foi picado por cobra e em seguida a intensidade das manifestações. Nestes casos, é você, veterinário, o profissional responsável por tomar as decisões corretas. Para isso, é importante conhecer também as plantas venenosas e os malefícios para a saúde bovina.

Formas de tratamento

É muito comum que intuitivamente as pessoas amarrem o membro atingido, porém, a prática não é recomendada. Isso, porque ao invés de ajudar ela acaba prejudicando ainda mais as lesões causadas pela picada. Em caso de picada de cobra em bovinos, o recomendado é manter o animal isolado dos demais e em repouso.

A terapia que de fato soluciona o problema é a aplicação do soro antiofídico. Aliás, existem diferentes tipos, mas o ideal é ter o antibotrópico em estoque. Pois, ele é usado em caso de picadas de jararacas, cerca de 90% das ocorrências. Já o soro anticrotálico e usado em picadas de cascavel.

Recomenda-se que o fazendeiro tenha uma boa quantidade de soro em estoque, já que eliminar as cobras da propriedade é praticamente impossível. E mais, elas tem papel fundamental no controle biológico da população de roedores.

Com certeza, você, nosso leitor procura sempre se manter atualizado sobre a área veterinária. No curso de primeiros socorros em bovinos do CPT Cursos Presenciais, você aprenderá a salvar vidas e evitar prejuízos ao produtor. O objetivo do curso é capacitar fazendeiros, médicos veterinários, técnicos, ou mesmo estudantes da área. E mais, você aprenderá a avaliar a saúde dos animais, a reconhecer as principais doenças, fazer a aplicação de medicamentos, dentre outras técnicas.

  • 768
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  


Atualizado em: 10 de janeiro de 2019

Artigos Relacionados com Bovinos: