Bem-estar animal

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

Devido ao salto inesperado da população brasileira do ano de 1901 à 2000, que houve uma variação de 17,4 milhões para 169,6 milhões de pessoas, o aumento da expectativa de vida, passando de 33,4 anos para 64,8  neste mesmo período, segundo dados do IBGE (2006), a exploração de animais em estudo e pesquisa não tiveram como não acompanhar. Médicos veterinários e zootecnistas agora enfrentam um desafio de produzir alimento de origem animal o suficiente para suprir a necessidade da população e com a qualidade para manter a expectativa de vida alcançada, simultaneamente zelando pelo bem- estar animal.

Outro levantamento feito no Chile em 2008 mostra que o país além de ter evoluído em número de pessoas e qualidade na saúde destas, houve um crescimento cultural muito grande também, onde as pessoas passaram a se preocupar mais com a origem do que consomem, principalmente quando se trata de alimentação. Uma média de 49,9% dos consumidores é contra práticas de manejo que visem aumentar a produtividade sem garantir o bem-estar dos animais.

A formação de um profissional que atuará na área tanto de saúde pública, quanto agropecuária é muito importante, pois este que ajudará a nortear atividades que envolvam animais, porém, apenas 33% das escolas de zootecnia do Brasil disponibilizam como disciplina obrigatória a matéria de introdução ao bem-estar animal, segundo Molento (2008). Como se não tivesse jeito, a situação fica ainda mais grave na pós-graduação, que de 163 cursos avaliados, apenas quatro (2,45%) ministram tal disciplina.

Para confirmação, no ano de 2004, foram entrevistados 111 veterinários na cidade de Passo Fundo/RS, 73% não conheciam as cinco liberdades que promovem o bem-estar animal e ao entrevistar docentes e discentes de Ciências Biológicas, foi constatado que poucos têm conhecimento da legislação sobre bioética ou sobre órgãos que tratam da regulamentação.

O Brasil tem evoluído de forma inquestionável, porém, a deficiência no ensino de bem-estar animal ainda é uma realidade nos cursos de graduação.

Nos dois primeiros congressos mundiais de bem-estar animal realizados pela World Society for the Protection of Animals (WSPA) no Rio de Janeiro em 2006 e 2007, 79 e 48 resumos de origem brasileira foram publicados, respectivamente, provando que mesmo em déficit, o Brasil não está parado, e sim tentando reparar seus defeitos.

Fonte: Revista CFMV

Adaptação: Revista Veterinária

 

 

 

Conheça o Curso de Formulação de Dietas e Rações para Bovinos

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


Atualizado em: 23 de maio de 2012

Artigos Relacionados com Bovinos: