Castração com técnica de gancho: conheça as vantagens

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

Castração com técnica de gancho conheça as vantagensA castração em pequenos animais é uma técnica de esterilização cirúrgica de alta demanda nas clínicas veterinárias brasileiras. Apesar dessa frequência, ainda existem algumas questões que confundem os tutores. Uma dessas questões é referente ao método que será usado no procedimento de castração. Isso porque existem diferentes técnicas de castração, cada uma com sua especificidade.

Apesar disso, um método que vem sendo muito adotado é a castração com técnica de gancho em pequenos animais. Esse método se caracteriza como uma cirurgia de esterilização que realiza a castração por meio de um procedimento pequeno de incisão cirúrgica. Assim, essa técnica é conhecida como minimamente invasiva, apresentando ferida de 2 a 5 centímetros, enquanto que em outros procedimentos a ferida pode chegar a 15 centímetros. 

Além de ser minimamente invasiva, existem outras vantagens em se usar esse tipo de procedimento. Nesse artigo vamos apresentar as vantagens mais relevantes tanto para tutores, quanto para médicos veterinários. Confira!

Vantagens da castração com técnica de gancho

Como pontuamos, a castração com técnica de gancho apresenta algumas vantagens gerais que merecem destaque. Neste tipo de procedimento há, por exemplo, redução do tempo de cirurgia e da quantidade de instrumentos utilizados. Isso representa uma redução de custos, o que torna a cirurgia mais barata. Além disso, o tempo de recuperação dos animais também é mais curto. O que garante que o pós-operatório também não seja tão oneroso.

Além disso, quando o veterinário opta pela castração com técnica de gancho, o animal passa menos tempo sob efeito de anestesia, já que há redução do tempo cirúrgico. Isso diminui os riscos de complicações durante a cirurgia

Como já apontamos, outra grande vantagem desse método é a redução no tempo de recuperação do paciente. Isso implica em cuidados de pós operatório mais simples, o que é melhor para paciente e tutores. Já que o risco de complicações pós operação também é reduzido.    

Ainda é importante destacar que a castração com técnica de gancho pode ser usada no procedimento realizado em machos e fêmeas. Assim, vamos listar algumas vantagens específicas desses procedimentos:

Castração de fêmeas

Uma grande vantagem da castração com técnica de gancho em fêmeas é que ela pode ser realizada em qualquer idade, se for realizada antes do primeiro ciclo ovariano. Dessa forma, os casos de neoplasias de glândulas mamárias diminui para menos que 0,5%. O risco aumenta para 8% após o primeiro cio, sobe para 26% após dois cios e, após dois anos e meio de idade, não se tem mais este efeito.

Além dessa, existem várias outras vantagens para as fêmeas:

  • Menor risco de tumor de mama, principalmente quando castradas antes do primeiro cio;
  • Ausência de comportamentos sexuais;
  • Ausência de comportamentos típicos de estro;
  • Previne prenhez indesejada;
  • Evita a superpopulação;
  • Evita o risco de infecção e trauma do coito;
  • Previne complicações de gestação e parto;
  • Evita infecções uterinas;
  • Evita estresse físico e emocional de cio.

Castração de machos

Quando a castração é realizada em machos, existe uma diminuição significativa dos hormônios do animal. Isso causa algumas alterações no comportamento do animal e trás algumas vantagens. Entre elas estão:

  • Diminuem o hábito de urinar em todos os lugares;
  • Diminuem o índice de fuga atrás de fêmeas no cio;
  • Evita brigas com outros animais;
  • Diminui o miado/uivo durante à noite;
  • Diminui o odor da urina.

Assim, vimos como essa técnica traz vantagens claras na recuperação do paciente. Mas, é válido ressaltar que o pós-operatório tem duração média de aproximadamente duas semanas. Nesse período é recomendado que o animal operado não fique sujeito a grandes esforços. Também neste período, a ferida da cirurgia deve ser mantida limpa e seca.

Ainda sobre a cirurgia de castração, é importante saber as condições que afetam o animal nesse procedimento. A melhor idade para castrar os animais é entre seis e oito meses de idade, mas os animais adultos podem ser castrados sem grandes problemas. Para a castração, o filhote deve possuir todas as vacinas e apresentar boa saúde geral.

Com isso, vimos como a castração com técnica de gancho pode ser melhor para o animal e seu tutor. Assim, você médico veterinário que quer entrar nesse mercado e aprender na prática a castração com técnica de gancho, temos uma super dica para você. Clique aqui e conheça o curso prático de Castração com Técnica de gancho em Pequenos Animais do nosso parceiro CPT Cursos Presenciais.

Fontes: Blog CPT Cursos Presenciais e PetLove

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


Atualizado em: 10 de março de 2020

Artigos Relacionados com Pequenos Animais: