Reprodução de ovinos: como a ultrassonografia facilita na criação

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

Reprodução de ovinos como a ultrassonografia facilita na criaçãoA produção de ovinos no Brasil ainda se mostra como um mercado em expansão. Aos poucos, mudanças nos hábitos de consumo tem aberto espaço para essa pecuária que não é tão recente em nosso país. Assim, a criação de novas técnicas de manejo e melhoramento genético na reprodução de ovinos, visando um melhoramento na produção e criação dos mesmos, se faz mais importante a cada dia, uma vez que estes estão ganhando um grande espaço na economia brasileira.

O mercado de carne de ovinos e caprinos ainda é caracterizado por criadouros em pequenas propriedades, pela utilização de instrumentos simples e animais abatidos destinados ao próprio mercado local. Por outro lado, a ovinocultura tem seu rebanho aumentando em grande escala em todo território brasileiro, representado por aproximadamente 17,6 milhões de cabeças. O destaque vai, principalmente, para as regiões Nordeste, Centro-Oeste e Sul do paí, com o Brasil representando 1,6% da produção mundial de lã e carne desses animais.

Neste artigo, você vai entender um pouco mais sobre como a ultrassonografia vem auxiliando nas técnicas de reprodução de ovinos, facilitando o aumento da produção por parte dos criadores. Boa leitura!

Ultrassonografia na reprodução de ovinos

Para quem atua com pecuária ou veterinária, o papel da ultrassonografia no atendimento aos animais já é mais do que conhecido. E sua relevância não seria diferente para a área de reprodução de ovinos. 

Por exemplo, o emprego da ultrassonografia veio para facilitar vários diagnósticos em ovinos, uma vez que essa técnica proporciona uma visualização mais detalhada de estruturas internas do animal. Nestes animais, a configuração anatômica torna a palpação retal do útero e dos ovários impossibilitadas, assim a ultrassonografia veterinária é essencial. A maior utilização desse exame na reprodução de ovinos ainda está no diagnóstico gestacional, mas ele também muito utilizado nos diagnósticos ginecológicos e como técnica de apoio a outros procedimentos de melhoramento genético via reprodução.

O papel do ultrassom veterinário

Historicamente, várias técnicas para diagnóstico de gestação em ovinos já foram descritas, contudo o uso da ultrassonografia tem destaque por sua eficiência. Com a utilização de diferentes instrumentos de ultrassonografia com transdutores aplicados externamente ou intra-retal, é possível entender a diversidade do uso dessa técnica.

Todos esses métodos têm como objetivo principal a identificação precoce de gestação nas matrizes. Dessa forma, o exame é realizado para avaliar o sistema reprodutivo destas fêmeas, diminuir o intervalo entre as gestações e fazer a opção do manejo adequado para cada caso. Além disso, com a avaliação do animal também é possível identificar quais as melhores matrizes para um melhor investimento nas mesmas. Isso permite o melhoramento genético do rebanho ovino, pois serão elas que permitirão o aumento do rebanho da propriedade, aumentando assim o lucro obtido com a criação.

O diagnóstico pelo transdutor ultrassonográfico é dependente de alguns fatores para sua eficiência, como: 

  • tipo e frequência do transdutor;
  • repetição do exame;
  • idade;
  • raça;
  • número de parições do animal;
  • dias pós-cobertura ou inseminação;
  • conhecimento e capacitação do profissional responsável pelo exame.

Entre todos os métodos utilizados para diagnóstico precoce de gestação em ovinos, a ultrassonografia é o mais confiável, prático e seguro. Se bem executado, promove um real aumento na produtividade do rebanho, aumentando o retorno financeiro da atividade pecuária.

O investimento no exame de ultrassonografia veterinária é válido?

Muitos criadores e veterinários da área podem, ainda, se questionar: diante do cenário da ovinocultura no Brasil, o investimento na ultrassonografia veterinária é válido? A resposta é, sim investir na aplicação de exames e diagnósticos, principalmente voltados para a reprodução de ovinos é um bom investimento no rebanho.

Tanto para o médico que atende esse segmento, como para as propriedades que desejam ter o equipamento para uso do veterinário responsável, a ultrassonografia permite um reconhecimento maior da saúde reprodutiva do rebanho ovino, acompanhamento mais eficiente dos procedimentos aplicados e tomadas de decisões mais rápidas com base em diagnósticos mais precisos.

Vale recordar onde um exame ultrassonográfico pode melhorar a produtividade na ovinocultura:

  • exames dos tratos reprodutivos dos animais, permitindo melhor escolha de matrizes garantindo aumento do rebanho;
  • diagnósticos gestacionais precoces, o que facilita a tomada de decisão em fêmeas vazias e o manejo desses animais;
  • apoio na execução de técnicas de reprodução de ovinos, como transferência de embriões e inseminação artificial.

Diante de tudo isso, para concluirmos, é importante ressaltar que o sucesso só é alcançado com profissionais capacitados e experientes trabalhando junto aos criadores, e que o equipamento correto faz toda a diferença no desempenho do responsável. Ou seja, a escolha do equipamento certo é fundamental.

Está em busca de um ultrassom veterinário para melhorar seus resultados na ovinocultura? CLIQUE AQUI e confira condições imperdíveis! 

Fonte: Animal Business e Infoteca

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


Atualizado em: 21 de agosto de 2020

Artigos Relacionados com Caprinos e ovinos: