Colostragem garante bom desenvolvimento dos cordeiros

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

A produção de cordeiros com boa saúde é um dos maiores objetivos da ovinocultura de corte, uma vez que, os cordeiros sadios tem menor chance de adoecer, melhor ganho de peso, menos taxa de mortalidade e maior chance de sobrevivência.

            A colostragem é essencial para a saúde destes animais, pois as ovelhas possuem placenta do tipo epitélio-corial, tipo de placenta que não permite que os filhotes tenham contato com as células de defesa da mãe durante a gestação, assim eles nascem desprovidos de qualquer memória imunológica.

            O colostro é a única maneira de transmitir os anticorpos da mãe para os filhotes, classificada como imunidade passiva. A colostragem confere aos filhotes proteção até que possam desenvolver melhor sua própria imunidade, ou seja, a imunidade ativa.

            É necessário para um processo final de sucesso que, a matriz produza colostro de boa qualidade, com alta concentração de anticorpos maternos; que o cordeiro ingira em quantidade suficiente e em até 24 horas após o seu nascimento, de preferencia durante as primeiras seis horas de vida.

            Além dos cuidados com a colostragem é preciso observar o manejo e a transição no período de desmame, visando sempre à saúde dos animais.

           

Fonte: Revista Cabra & Ovelha

 

Saiba mais sobre a importência do melhoramento genético e sobre o desempenho zootécnico e a lucratividade da ovinocultura de corte.

Tudo sobre equipamentos necessários para melhorar a r5eprocuyção do seu rebanho e maximizar seus lucros.

Aprenda mais sobre as características e as necessidades nutricionais dos ovinos de corte em cada fase da produção.

 

 

 

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


Atualizado em: 12 de agosto de 2014

Artigos Relacionados com Caprinos e ovinos: