Ultrassonografia em ovinos: saiba quais as técnicas fundamentais

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

Ultrassonografia em ovinos saiba quais as técnicas fundamentaisAssim como em outros segmentos da pecuária, a ultrassonografia em ovinos é uma técnica muito utilizada por veterinários, principalmente quando se trata de reprodução. Isso se deve, sem dúvidas, ao inúmeros benefícios que a mesma traz, como precisão e rapidez.

Com exame ultrassonográfico é possível:

  • Realizar com precisão o diagnóstico de gestação precocemente;
  • Quantificar o número de fetos;
  • Realizar a sexagem fetal, para a maioria dos casos.

Além disso, a ultrassonografia veterinária traz algumas vantagens, como ser o único exame que detecta a prenhez das ovelhas em apenas 17 dias e sem causar nenhum mal ao feto. Dessa forma, mais uma vez, essa técnica se torna aliada dos produtores e dos veterinários, sendo de grande importância para o avanço da pecuária de ovinos no país.

A seguir, listamos as técnicas da ultrassonografia em ovinos fundamentais para qualquer profissional que deseja atender a esse mercado. Confira!

Diagnóstico gestacional por ultrassonografia em ovinos

O diagnóstico gestacional é parte importante do manejo reprodutivo e a ultrassonografia em ovinos entra como uma das principais aliadas no profissional neste exame. Como dissemos anteriormente, com ela é possível determinar a prenhez em apenas 17 dias, sem dano ao feto.

A identificação antecipada das fêmeas prenhas é importante para a gestão das propriedades, por permitir que o responsável pela criação possa separar as prenhas do lote e assim diminuir a quantidade de fêmeas na área. Esse processo facilita para o reprodutor encontrar as ovelhas que estão no cio. Por meio desses métodos, é possível agilizar a organização da fazenda, além de auxiliar na separação de animais “vazios”. 

Outro impacto do diagnóstico gestacional precoce realizado com a ultrassonografia em ovinos, é um melhor manejo nutricional. Tendo em vista que a alimentação de fêmeas prenhes deve ser diferenciada, o ajuste da alimentação começa ainda cedo na gestação, melhorando o desenvolvimento do feto e garanto à fêmea prenha maior saúde durante a gestação.

Acompanhamento da gestação em ovelhas

O acompanhamento gestacional das ovelhas é importante e deve ser realizado já que, é por meio dele, que a saúde de fêmea e feto são garantidas. Com uma gestação de 150 dias, em média, que pode ser simples ou múltipla, a ultrassonografia em ovinos permite que o veterinário exame as condições sem afetar o desenvolvimento embrionário.

Além disso, com essa técnica é possível realizar a sexagem fetal já num período entre o 40º e o 60º dias de de gestação. Com isso, a gestão do rebanho é facilitada bem como o manejo reprodutivo dessa criação, já que esse dado é relevante para o comércio de animais nesse segmento.

Sendo assim, a ultrassonografia garante ao responsável algumas informações fundamentais para o manejo reprodutivo desses animais. São elas:

  • Como está o desenvolvimento embrionário ao longo da gestação;
  • Estado de saúde da mãe e do feto, ou fetos;
  • Qual o peso do cordeiro ao nascer;
  • Qual o sexo do feto em desenvolvimento.

Avaliação do ciclo estral com ultrassonografia em ovinos

Muito antes da gestação, o acompanhamento do ciclo estral das ovelhas é essencial para o sucesso de todos os processos do manejo reprodutivo desses animais. A avaliação do ciclo estral é ideal para que o momento correto para a reprodução seja definido, melhorando as taxas de prenhez do rebanho.

Com a ultrassonografia em ovinos, o responsável consegue identificar nas estruturas internas das fêmeas o comportamento endócrino e dos folículos, conseguindo perceber os fases do ciclo estral. Em ovinos, o cio tem duração média de 30 horas.

Exame andrológico em ovinos

Além do acompanhamento das fêmeas, conhecer a saúde reprodutiva dos machos também é fundamental para o bom manejo reprodutivo de qualquer criação. Assim, o exame andrológico tem como objetivo determinar a saúde reprodutiva dos cordeiros, compreendendo uma avaliação do histórico genético e de saúde, avaliação fisiológica, avaliação das estruturas internas e avaliação do comportamento reprodutivo do animal. Tudo isso para garantir boas taxas de prenhez com o reprodutor.

Nesse exame, a ultrassonografia em ovinos auxilia o responsável tanto na avaliação fisiológica, quanto na avaliação das estruturas reprodutivas internas do animal. Dessa forma, é possível determinar se há qualquer tipo de alteração que comprometa a saúde reprodutiva do animal. 

Diante de tudo isso, vimos como a ultrassonografia em ovinos é importante para a boa qualidade e difusão dessa pecuária, uma vez que está ativamente presente no manejo reprodutivo desses animais. Por isso, para se ter sucesso neste mercado em expansão, é preciso que quem deseja trabalhar com ovinos, tenha as estruturas e equipamentos adequados para essa função. É importante lembrar que existem os mais diversos equipamentos ultrassonográficos. Assim, ultrassons diferentes, com diferentes funções e transdutores podem intervir nos tempos de diagnóstico e nas estruturas visíveis para o veterinários.

Quer trabalhar com ovinos? Está buscando o ultrassom certo para você? CLIQUE E VEJA CONDIÇÕES ESPECIAIS!

Fonte: SHOP Veterinário, CBRA e UNIJUÍ

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


Atualizado em: 8 de setembro de 2020

Artigos Relacionados com Caprinos e ovinos: