Conheça os principais atributos dos ovinos Dorper

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

As ovelhas da raça Dorper têm atendido, satisfatoriamente, as condições de ambientes tropicais e semitropicais, nas regiões onde se instalam, pela sua facilidade de adaptação, índices reprodutivos, altas taxas de crescimento e excelente qualidade de carcaça, apesar de não ser considerada a melhor raça prolífica, se comparada a outras, como os ovinos Santa Inês.

Quando submetida a um bom programa de manejo, a ovelha Dorper pode parir na maioria dos meses do ano. É uma raça bastante fértil e o índice de prenhez, em cada estação de cobertura, é muito grande, podendo-se, assim, aumentar o potencial de seleção e o excedente de cordeiros para o abate.

A partir de 183 dias de idade, pode-se considerar o Dorper capaz de se reproduzir, por ser uma raça bastante precoce, sexualmente. Ao se comparar com outras raças, essas ovelhas tiveram seu primeiro estro (cio) aos 213 dias de idade, com 39,0 kg, enquanto com as da raça Romanoff isso aconteceu aos 228 dias, pesando 29,0 kg. Com peso médio de 50,0 kg, num sistema intensivo de produção de cordeiros, ovinos Dorper conceberam, pela primeira vez, aos 328 dias de idade.

Nos machos Dorper, observou-se que apresentavam, aos 112 dias de idade, a capacidade de fertilizar fêmeas, sendo, igualmente, precoces, sexualmente.

A fertilidade, definida como o número de ovelhas paridas, por ovelhas expostas, tem sido consistentemente alta nas ovelhas Dorper, com taxas,variando de 0,75 – 0,97, dependendo do tipo de manejo nutricional e reprodutivo.Isso representa o primeiro passo para a produção de cordeiros, de forma econômica. Porque, mesmo sob condição de pasto, as ovelhas Dorper mostraram-se eficientes.

A parição acontece num espaço de oito meses, sob boas condições de manejo, resultando em até três parições em dois anos. Uma taxa de parição de 150% pode ser alcançada, sob boas condições, enquanto que em excepcionais condições de manejo, este índice pode chegar até 180%. Assim, partos duplos são predominantes e atestam a boa fecundidade das ovelhas Dorper. Entretanto, se o manejo for a campo, a média tem sido de 120%, sendo, na sua maioria, partos simples.

Ovinos Dorper crescem rapidamente e alcançam um alto peso à desmama,e, do ponto de vista econômico, é muito importante na criação de ovinos de corte. Um peso vivo médio de 36kg pode ser alcançado por um cordeiro Dorper entre 100 -120 dias de idade, assegurando assim carcaças de alta qualidade, com aproximadamente 16,0 kg.

No período de pós-desmama, sob as mesmas condições, esse ganho varia de 81-91 g/dia e quando submetidos a teste de performance, nessa mesma fase, podem chegar até a 203 g/dia.

Na comercialização, as carcaças ovinas são mais procuradas e atendem todas as necessidades das donas de casa que desejam uma carne mais tenra e suculenta. Porém, como os ovinos Dorper são considerados de precocidade de acabamento (crescimento precoce), tendem a depositar gordura em idades mais jovens, principalmente, quando criadas em confinamento. Para reverter esse quadro, alguns criadores têm iniciado a seleção dentro da raça, enfatizando a velocidade de crescimento, e colocando restrição em gordura localizada.

Fonte: Livro, OVINOS DE CORTE A RAÇA DORPER
Adaptação: Revista Veterinária

Conheça o Curso de Melhoramento Genético em Ovinos

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


Atualizado em: 23 de janeiro de 2012

Artigos Relacionados com Caprinos e ovinos: