Práticas nutricionais adequadas valorizam a qualidade da carcaça de ovinos

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

A boa qualidade da carne ovina garante, sem dúvida, o bom preço no mercado. Chegar ao padrão de qualidade ideal, porém, é um processo complexo. Boa genética aliada ao manejo nutricional adequado são atitudes fundamentais para que ocorra a produção de animais saudáveis e com alto valor comercial.

O uso estratégico de suplementos, com um bom planejamento de pasto devem ser levados em conta ao se considerarem os cuidados que envolvem esse sistema, quando se trata da nutrição do rebanho. Tudo isso vai contribuir para que se evitem as carcaças magras, que favorecem o endurecimento das fibras, o que desvaloriza o produto.

Roberto Sains, pesquisador da Embrapa, afirma que o grau de acabamento do animal, depende do acúmulo de gordura durante sua vida, que se relaciona, intimamente, com o nível de alimentação.

Recomenda-se que cheguem ao ponto de abate os animais ainda jovens e saudáveis de abate, com boa terminação e boa musculosidade.

Para isso, todos os fatores de produção precisam ser observados, cumprindo-se cada etapa, começando pela boa genética, passando por um bom programa de saúde animal e boa alimentação.

Para mais informações, basta entrar em contato com a Embrapa Caprinos e Ovinos através do número (88) 3112-7400.

 

Autora: Kamila Pitombeira

Fonte: Portal Dia de Campo

Adaptação: Revista Veterinária

 

Conheça o Curso de Manejo Nutricional de Ovinos de Corte (Alimentos e Alimentação)

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


Atualizado em: 26 de dezembro de 2011

Artigos Relacionados com Caprinos e ovinos: