Alimentação de psitacídeos em cativeiro

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Uma das grandes dúvidas sobre a criação doméstica de psitacídeos, grupo que inclui os papagaios, araras, periquitos, dentre outros, diz respeito à alimentação.

Ao contrário do que muitos pensam, não basta um ou dois tipos de frutas ou grãos. É preciso que o animal tenha uma alimentação balanceada, para que assim seja possível uma vida saudável e longeva.

Em virtude deste desconhecimento por parte dos proprietários, tem sido cada vez mais comuns animais serem levados às clínicas veterinárias por conta de problemas de nutrição.  

Várias doenças têm suas origens relacionadas a esta questão, tal como alguns problemas pulmonares, raquitismo, obesidade, distúrbios hepáticos, infecções, dentre muitos outros.

Desta forma, a alimentação deve ser ministrada de forma semelhante ao que o animal poderia encontrar na natureza, através de uma alimentação diversificada e rica em proteínas, carboidratos, vitaminas, etc.

Já o profissional que atua em clínicas de pequenos animais deve buscar o conhecimento contínuo, por meio de cursos e especializações, acerca deste tema tão essencial para a vida destes e de outros animais.

 

Quer se tornar um profissional capacitado na área clínica de pequenos animais?

Então venha conferir o que preparamos para você.

Clique aqui.

Fonte: Saúde Animal

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  


Atualizado em: 19 de dezembro de 2016

Artigos Relacionados com Animais Silvestres: