Doenças Fúngicas em Tartarugas

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  

As doenças fúngicas são bastante comuns nos cascos das tartarugas aquáticas, sobretudo nas domésticas. Neste caso, a região apresenta pequenas manchas brancas, que podem se espalhar.

A doença aparece, sobretudo, por conta das condições de habitat do animal, ou seja, a baixa qualidade da água. Sendo assim, água suja, com fezes e muito tempo sem trocar, além da falta de luz e sol, juntamente com a umidade, são condições favoráveis para o surgimento da doença, que se não for tratada pode levar o animal a morte.

Para prevenir a doença é muito importante, portanto, que a água seja trocada periodicamente, ou seja, no mínimo uma vez por semana, já que o animal faz as suas necessidades fisiológicas na água.

A utilização de antifúngicos é aconselhável durante a substituição da água, nos aquários, para que os microorganismos não apareçam.

Existe ainda possibilidade do uso de sal, vinagre, limão, água quente na limpeza do aquário, como opções caseiras, além de esfregá-lo com bucha e sabão, sobretudo nas áreas que porventura tenham borrachas e peças decorativas no habitat do animal.

Durante o tratamento do animal, é preciso retirá-lo do aquário, mais vezes, tendo sempre cuidado com as temperaturas mais frias.

 

É preciso contar com as orientações de um profissional especializado, que indicará o melhor tratamento para a doença. Saiba mais.

Fonte: Bichos Brasil

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


Atualizado em: 11 de julho de 2016

Artigos Relacionados com Animais Silvestres: