Ultrassonografia em bovinos: entenda as principais aplicações no manejo reprodutivo

  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
Ultrassonografia-em-bovinos-saiba-quais-são-as-principais-aplicações-no-manejo-reprodutivo

Parte fundamental para um bom manejo reprodutivo, a ultrassonografia em bovinos se faz cada vez mais necessária no cotidiano dos veterinários dessa área. Essa técnica não invasiva, além de lucrativa para o médico veterinário, oferece alta precisão nos diagnósticos e uma diversidade de aplicações.

Assim, entender o papel da ultrassonografia e as vantagens apresentadas em cada função, é primordial para um bom resultado. Por isso, neste artigo vamos tratar das aplicações da ultrassonografia em bovinos. Confira!

Principais aplicações da ultrassonografia em bovinos

A ultrassonografia é fundamental para que o médico veterinário tenha acesso a diagnósticos mais precisos. Assim, essa técnica moderna permite que estruturas não visíveis a olho nu se revelem, facilitando o exame. 

Além disso, o uso da ultrassonografia em exames em machos e fêmeas melhora a eficiência nos resultados, uma vez que permite a seleção de animais com maior potencial reprodutivo. Então, conheças as aplicações e saiba o que a ultrassonografia em bovinos pode melhorar no seu manejo.

Avaliação ginecológica

A ultrassonografia em bovinos é uma importante técnica utilizada no diagnóstico de patologias reprodutivas em fêmeas. Além disso, ela é muito utilizada para identificação do ciclo estral do animal, sendo importante para  a identificação da etapa do ciclo e o melhor momento para a aplicação da biotécnica. 

O veterinário é capaz de identificar a etapa do ciclo observando a aparência do útero e estruturas do ovário, o que aumenta a precisão da aferição. Assim, é possível observar a textura saudável dos componentes do reprodutor feminino ao longo do ciclo, facilitando o diagnóstico de certas patologias reprodutivas.

Assim, para fêmeas não gestantes a ultrassonografia permite a avaliação de corpos lúteos e folículos, triagem de fêmeas para protocolos de reprodução, diagnósticos de patologias reprodutivas e avaliação do potencial de produção de embriões.

Diagnóstico de gestação

Uma das  principais aplicações da ultrassonografia em bovinos é o diagnóstico gestacional. Em linhas gerais, ele é mais seguro para o animal, não gera lesões no feto e na mãe, mais preciso e mais rápido quando realizado com o uso da ultrassonografia. Além disso, esse método permite ao responsável pelo exame o diagnóstico precoce da prenhez. Isso é possível à partir do 19º dia de gestação com um equipamento com doppler, e o embrião se torna visível à um operador experiente a partir do 28º dia em ultrassom preto e branco. 

Porém, dentro do diagnóstico gestacional, o mais interessante é  a detecção de uma vaca vazia. O que é facilitado pelo uso do ultrassom. Isso porque a identificação precoce dessa fêmea permite que medidas sejam realizadas para que ela seja novamente inseminada, possibilitando a gestação.

Sexagem fetal

Dentro do manejo reprodutivo, a sexagem fetal tem tido crescente importância. Assim, a ultrassonografia em bovinos é fundamental para que a identificação do sexo do feto seja realizada. A partir do 50º dia de gestação já é possível visualizar as estruturas de formação do sexo do animal. Porém, somente após esse período é possível visualizar uma diferenciação dos tubérculos genitais, formadores dos futuros órgãos reprodutivos do animal.

A sexagem fetal permite aos criadores algumas vantagens como a comercialização de receptoras com prenhez específica e a programação de formação de plantéis.  

Aspiração folicular

A aspiração folicular se tornou uma técnica importante para a produção de embriões in vitro, principalmente para fins comerciais. A ultrassonografia em bovinos entra com uma maneira de fazer a aspiração guiada (técnica OPU). Sua aplicação reduz riscos potenciais além de ser pouco invasiva.

Apesar disso, para que as vantagens sejam vistas, é preciso que o veterinário responsável pela aspiração tenha conhecimento e experiência. Isso de fato evita as lesões no animal e ganrante o sucesso dessa aplicação.

Exame andrológico

Como já pontuamos, a ultrassonografia em bovinos permite avaliações de macho de fêmeas. Assim, uma das aplicações é na realização de exames andrológicos, focados em determinar a fertilidade do macho.

Nesses exames, esse equipamento permite a observação do aparelho reprodutor do macho, analisando as condições gerais. Assim como o exame ginecológico das fêmeas, essa etapa é inicial é capaz de evitar problemas futuros no manejo reprodutivo. Ela permite a identificação precoce das condições do animal, evitando perdas significativas.

Inseminação artificial em tempo fixo (IATF)

A IATF é uma técnica que evita algumas falhas do processo de inseminação artificial padrão. Nesse processo, a ultrassonografia em bovinos é usada para identificar os períodos de ciclo da fêmea para que a inseminação seja realizada no período correto. 

Assim, a técnica melhora os resultados de prenhez obtidas pela inseminação artificial, uma vez que o ciclo das fêmeas foi monitorado.

Com isso, vimos como a ultrassonografia em bovinos é cada vez mais essencial  para o manejo reprodutivo desses animais. Além de ser uma técnica pouco invasiva, ela impacta os resultados de diversas aplicações permitindo ao responsável um melhor controle dos mesmos.

Porém, de nada vale ter acesso ao aparelho de ultrassom se há o conhecimento prático de como aplicá-lo dentro desse cotidiano. Afinal, muitos dos métodos e técnicas que pontuamos no texto precisam que o profissional esteja preparado para executá-las. 

Assim, você, médico veterinário, que quer melhorar sua porcentagem de sucesso dentro da reprodução bovina, a ultrassonografia é a resposta. Quer ampliar seus conhecimentos com muita prática? Clique aqui e conheça o curso de Ultrassonografia na Reprodução Bovina do nosso parceiro CPT Cursos Presenciais.

Fonte: Blog Mundo Veterinário e Beef Point

Curso de ultrassonografia na reprodução bovina
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


Atualizado em: 22 de janeiro de 2020

Artigos Relacionados com Bovinos: